Return to site

Vale a pena investir em estratégias de email marketing?

· E-mail,Marketing
Email marketing é uma das principais ferramentas de marketing digital, mas é preciso estratégia e planejamento para que realmente seja um aliado e não um vilão para seu negócio.

Com a explosão do sucesso e popularidade das redes sociais é natural que muitos profissionais se perguntem se estratégias já consagradas do marketing digital continuam fazendo efeito e valendo a pena o investimento. O principal protagonista dessas dúvidas tende a ser o e-mail marketing, já que existe essa percepção de que o correio eletrônico está lentamente caindo em desuso. Para tirar essa dúvida de vez, confira nas dicas que te daremos no post de hoje se ainda vale a pena investir em estratégias de e-mail marketing.

Como o e-mail marketing é definido?
O e-mail marketing é a estratégia de venda e promoção por meio de e-mails de uma base previamente cadastrada. Essa lista de e-mails pode ser obtida de diferentes formas, sendo as mais comuns a assinatura de newsletter, cadastro no site para realização de compra e utilização de landing pages, por exemplo.

De maneira geral, uma campanha de e-mail marketing começa em seu planejamento de e-mail seguido do disparo — ou seja, o envio dos e-mails. Existe também a necessidade de monitoramento de taxa de conversão, taxa de abertura dos e-mails e taxa de descadastramento da base, além de outras métricas específicas.

Por que a estratégia de e-mail marketing é relevante?
Para comprovar que o e-mail marketing é relevante e efetivo, a ExactTarget realizou um estudo em 2013 que revelou que 44% das pessoas que receberam um e-mail com oferta em 2012 realizaram pelo menos uma compra. Além disso, cada dólar investido nessa estratégia é capaz de retornar mais do que 44 dólares.

Também em 2013 a SerasaExperian mostrou que no Brasil a taxa de conversão do email marketing para o e-commerce é de cerca de 2,53%, ficando muito acima de outras mídias. Essa, inclusive, parece ser uma tendência global: de acordo com a McKinsey & Company, a taxa de conversão do e-mail marketing tende a ser 3 vezes maior do que das mídias sociais em geral.

Além disso, não apenas o número de compras tende a aumentar, mas também o valor de ticket por cliente tende a ser maior entre clientes vindos do e-mail: em 2014, a Convince and Convert afirmou que consumidores que recebem esse tipo de e-mail tendem a gastar 138% a mais do que os que não recebem.

Com isso, a principal vantagem do e-mail marketing é que ele continua demonstrando uma excelente rentabilidade e também efetividade. Ou seja, a empresa precisa gastar menos para atrair mais pessoas, além de conseguir maior taxa de conversão e mais gastos por compra.

Outra vantagem importante é o fato de que o e-mail marketing pode ter efeitos do tipo “rebote”: mesmo depois de um disparo acontecer ainda pode haver aberturas do e-mail e compras através dele, o que é mais difícil em mídias sociais sem que haja republicação frequente do conteúdo.

Como ter sucesso com o e-mail marketing?
Para ter campanhas realmente efetivas com o email marketing é preciso, naturalmente, começar a construir a base de e-mails. Para isso, é preciso investir em estratégias de captação autorizada, ou seja, o cliente precisa desejar receber os e-mails, ou inevitavelmente eles terminarão na caixa de spam.

Segmentar o público também é importante, mas a personalização é indispensável: um e-mail marketing que contenha o nome do cliente e informações que tenham a ver com seus padrões de consumo possuem melhores resultados. Além disso, fazer testes A/B — enviar e-mails diferentes para dois grupos com a modificação de apenas alguns elementos para ver qual possui melhor retorno — também ajuda no sucesso. Por fim, mas não menos importante, é preciso manter-se atento às métricas, inclusive para descartar e-mails que tenham sido desativados.

Mesmo com as redes sociais a todo vapor, as estratégias de e-mail marketing continuam mais vivas do que nunca e fornecendo resultados muitas vezes excepcionais. Para conseguir todos esses resultados, entretanto, é preciso desenvolver a estratégia certa, que inclui uma preocupação que vai desde a captação dos e-mails até o monitoramento e mensuração dos resultados.

Você utiliza o e-mail marketing como ferramenta? O que você pensa a respeito? Aproveite o espaço dos comentários para opinar e debater!

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly