· Gestão,Digital,Relacionamento

Presença de mulheres em TI cresceu 24% nos últimos 5 anos

Conquistando cada vez mais espaços importantes no mercado de trabalho e na sociedade como um todo, as mulheres vêm derrubando a ideia de que algumas profissões e atividades são predominantemente masculinas.

Com representatividade, empenho e talento, as mulheres no século XXI estão assumindo papéis que por muitos anos foram atribuídos aos homens. Toda essa revolução já é percebida em diversos setores empresariais.

Para marcar as celebrações do Dia Internacional da Mulher, comemorado em 08 de março, vamos abordar na sequência deste artigo o crescimento e a importância das mulheres no setor de TI. Confira!

Mulheres e tecnologia, uma parceria de sucesso!

Como mencionado no início, por muitos anos os homens eram maioria em áreas mais técnicas, como a TI. Esse panorama começou a mudar conforme a mulher foi conquistando o seu espaço nas universidades e no mercado de trabalho.

Hoje, com um mundo altamente conectado, encontrar mulheres trabalhando com tecnologia é cada vez mais comum. E essa vem sendo uma parceria de sucesso. A entrada das mulheres em setores como o de TI tem proporcionado ganhos importantes para as empresas. Isso porque as equipes mistas conseguem ter uma atuação mais eficaz, pois as habilidades e conhecimentos se complementam, ajudando na busca pelos melhores resultados.

Presença feminina em TI não para de crescer

Mesmo ainda sendo uma área em que os homens são maioria, a tendência é que a presença de mulheres em TI continue crescendo. De acordo com a pesquisa Women in the Workplace em 2019, a atuação de mulheres no setor de TI cresceu 24% nos últimos cinco anos.

Outro levantamento que apontou para esse crescimento foi realizado pela Assepro -PR e o Departamento de Economia da Universidade Federal do Paraná. Segundo os dados captados, a participação de mulheres no setor de TI cresceu 11% no Brasil entre os anos de 2007 e de 2017.

Conheça as mulheres que iniciaram essa revolução no mercado de TI

Evelyn Boyd Granville: desenvolvedora e segunda mulher negra a obter o doutorado em Matemática na Universidade de Yale, Evelyn integrou o time da IBM em 1956. Na empresa, ela foi uma das principais responsáveis pelo desenvolvimento de múltiplos softwares para o IBM 650.

Karen Spärck Jones: responsável por guiar uma geração inteira de novos desenvolvedores, Karen foi por muitos anos referência em tecnologia. O seu trabalho foi reconhecido diversas vezes e acumulou importantes prêmios de reconhecimento, como o Allen Newell da Association for Computer Machinery (ACM) e o ACL Lifetime Achievement Award.

Margaret Hamilton: o que muitos não sabem é que por trás do sucesso da missão Apollo 11 estava uma mulher. Margaret foi uma das principais responsáveis por desenvolver um software de cálculo capaz de conduzir os foguetes e os astronautas até a Lua e trazê-los de volta.

Grace Hopper: contra-almirante da marinha americana, com PhD em matemática em 1934, Grace tem uma trajetória inspiradora para as mulheres. Em Harvard, ela trabalhou em seu projeto, o Mark I, um dos primeiros computadores da história.

Abordamos no artigo de hoje a representatividade e a presença das mulheres no mercado de TI. Para continuar por dentro de todos os assuntos relacionados à tecnologia, não deixe de acompanhar as próximas postagens do nosso blog.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK