Return to site

Desvende o mito do alto custo de um sistema de URA

· URA de atendimento,Clientes

Seguir o perfil diferenciado dos clientes do século XXI é algo muito importante para as empresas, pois esses consumidores preferem claramente as companhias que realizam um atendimento rápido e assertivo. As empresas que não oferecem um serviço deste tipo acabam sendo deixadas de lado por eles.

É por conta disso que as corporações de diferentes segmentos e portes buscam por estratégias que possam aprimorar a experiência do consumidor com a marca. Na área de atendimento ao cliente, uma das formas mais eficazes de aprimorar o serviço prestado é por meio da URA (Unidade de Resposta Audível).

No entanto, há um mito que ronda os sistemas de URA: o alto custo. Se você quer conhecer melhor os benefícios que essa estratégia pode oferecer para o seu negócio, derrubando o principal mito que envolve as URAs, não deixe de conferir o artigo a seguir.

Saiba o que é uma URA

Antes de desvendar o mito de alto custo de uma URA, é importante que o gestor conheça bem essa ferramenta. A Unidade de Resposta Audível, popularmente conhecida como URA, é simbolizada por uma mensagem gravada no sistema de atendimento utilizado pela companhia. Esse sistema possibilita a personalização da chamada e a interação com o cliente de maneira ágil e totalmente automática. Por ela, dependendo do motivo da chamada, o consumidor não precisa contatar um operador presencial.

Nos últimos anos, o mercado de sistemas de vocalização cresceu justamente por conta do aumento da demanda por URAs inteligentes. Para se ter uma ideia, hoje há sistemas que dizem o nome do cliente durante o atendimento, além de oferecer um menu de múltipla escolha com os encaminhamentos previstos para cada interação automática do consumidor com a empresa.

Conheça mais sobre o funcionamento das URAs

Como vimos, a URA ganha destaque dentro das operações por estar diretamente ligada a produtividade e eficácia do atendimento prestado ao cliente. Sendo assim, para obter sucesso, a companhia deve gravar mensagens na URA que sejam projetadas para suprir as necessidades básicas dos clientes. Isso evita, por exemplo, que o consumidor entre em contato com os operadores para ocorrências simples, como para desmarcar um serviço agendado.

Outro ponto importante que as URAs conseguem melhorar é a questão do direcionamento das chamadas recebidas. Uma empresa tem inúmeros departamentos, porém, não existe algo mais estressante para o cliente do que ser repassado para inúmeras áreas sem ter a sua solicitação resolvida.

Com a URA, o consumidor consegue direcionar via menu a área da companhia que ele deseja contatar, de acordo com o motivo da chamada. Além de otimizar a operação, esse recurso vai ao encontro das necessidades dos clientes atuais, que valorizam a rapidez e a assertividade no atendimento.

Mas, afinal, a URA é um investimento de alto custo?

Bom, vimos até agora o que é uma URA e todos os benefícios que ela traz para a empresa e seus clientes. No entanto, como mencionamos acima, há um mito que ronda as centrais de atendimento quando se fala em URA, pois muitos gestores acham que esse é um investimento de alto custo, que somente as grandes companhias podem arcar.

Mas isso não passa de um mito. Hoje, com os avanços tecnológicos, é possível encontrar boas empresas que oferecem o serviço de URA já integrado na plataforma de atendimento, com valores acessíveis para as empresas de todos os portes.

Se você ficou interessado, não deixe de agendar um teste gratuito da Plataforma GVP, que além de todos os benefícios citados neste artigo, traz recursos fundamentais para os supervisores realizarem uma gestão efetiva de suas equipes de atendimento. 

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly