Return to site

3 erros comuns sobre PABX IP

· Atendimento,PABX

Dentro da central de atendimento, há alguns recursos que chegaram aos poucos e, com o tempo, se tornaram imprescindíveis. O PABX IP é exemplo disso. Ele representa uma das soluções mais potentes para transformar os call centers nos dias de hoje, pois o PABX IP oferece praticidade e economia.

Mesmo que a funcionalidade do PABX vem sendo utilizada há muitos anos pelas empresas, a entrada da tecnologia IP vem proporcionando ganhos significativos para as corporações, já que ela ajuda a impulsionar os resultados e aprimora a experiência do consumidor com a marca.

Diante de tantos benefícios, há alguns erros comuns que podem comprometer a eficácia do PABX IP. Quer saber se a sua empresa comete algum deles? Então, não perca a sequência deste artigo!

1. Escolher qualquer plataforma

O primeiro erro comum quando a empresa decide adotar o PABX IP em sua operação está relacionado com a escolha da plataforma. Na busca por economizar o máximo possível, muitas companhias acabam optando por plataformas que não oferecem todas as funcionalidades que o negócio precisa.

Com isso, o custo-benefício não será nada atraente, já que com o tempo será necessário investir em uma plataforma mais completa. Para evitar esse erro na sua empresa, a dica é pesquisar bem sobre as plataformas que oferecem o PABX IP. Há no mercado excelentes opções, que trazem recursos completos e com um valor bastante acessível.

2. Não controlar os custos

Quando a empresa conhece as funcionalidades do PABX IP, é comum ela se interessar, principalmente, pela redução de custos que a ferramenta proporciona. Com o PABX IP, é possível realizar ligações gratuitas entre as unidades da empresa, o diminuirá as contas da companhia.

Mas, é importante ressaltar que as demais ligações serão cobradas normalmente e, por isso, é fundamental controlar os custos. Esse acaba sendo um dos erros mais comuns relacionados a gestão do PABX IP, pois muitas pessoas pensam que essa tecnologia acaba com todos os gastos da empresa em ligação.

A alternativa para seguir economizando é trabalhar com operadoras VoIP (Voice over Internet Protocol), que geralmente possuem tarifas mais acessíveis para chamadas de longa distância. Além disso, é essencial contar com uma plataforma que disponibiliza um tarifador. Esse recurso é responsável por contabilizar os custos de todas as ligações, organizando por departamento ou por colaborador.

3. Deixar de integrar o PABX IP com outros canais

Mais um erro comum na gestão do PABX IP tem a ver com a falta de integração. Quando são utilizadas ferramentas não integradas, fica praticamente impossível gerenciar a telefonia de maneira assertiva, pois as métricas acabam não representando a realidade do atendimento.

Esse é um erro que pode comprometer a eficácia do PABX IP. Contar com uma plataforma de atendimento completa e integrada permitirá que os gestores da sua empresa registrem todas as ligações telefônicas, tendo acesso as gravações em tempo real e recursos como URA, CTI, Gravador, Voice, entre outros.

Apresentamos no artigo de hoje os 3 erros mais comuns sobre o PABX IP, que envolvem desde a escolha da plataforma até o seu gerenciamento. Para continuar por dentro do assunto, te convidamos para ler também em nosso blog o post que aponta os mitos e verdades sobre o PABX IP.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OK